GuidePedia

0
Arquivo pessoal/Facebook


Após 16 dias de buscas, a polícia de Piracicaba (a 164 quilômetros de São Paulo) encontrou o corpo da modelo Aline Pereira Godoi Furlan, 28, no final da manhã deste domingo (31). O corpo estava dentro do próprio carro, em uma ribanceira, na Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304). 
Segundo a advogada da família, Daniele Helleno, que foi até o local, o veículo provavelmente capotou seguidas vezes e caiu na ribanceira, de mais de 100 metros de altura, próximo ao quilômetro 147 da estrada. A localização do carro, totalmente destruído, ocorreu após denúncia de um morador da região.
O Toyota Corolla bege da modelo já foi retirado do local. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Piracicaba. Em nota, a advogada informou que a família da modelo está em estado de choque e não vai atender a imprensa. A jovem foi vista pela última vez no dia 14 de julho, em um bar de Piracicaba.
De acordo com a família, Aline nunca havia ficado tanto tempo sem dar notícias. "Ela nunca fez isso. Estava sempre me avisando sobre tudo. O celular continua desligado. Ninguém sabe mais nada. Estou desesperada, mas tenho fé que ela vai aparecer", disse a mãe da jovem, Creuza Pereira de Godoi, na semana em que ela desapareceu.
Aline morava em Santa Bárbara d'Oeste (SP) e estava no bar com três amigos.  De acordo com testemunhas, houve um desentendimento entre os amigos e Aline teria se afastado deles.
A modelo saiu do bar de madrugada, por volta das 3h e, estava desde então desaparecida. O boletim de ocorrência sobre a localização do corpo da jovem está sendo registrado no plantão policial de Piracicaba. Ainda não há informações sobre o sepultamento.(Uol)

Postar um comentário

 
Top