GuidePedia

0


Mandados de busca e apreensão foram cumpridos pela Polícia Federal no gabinete do deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) em Brasília, na manhã desta segunda-feira (16). O acesso ao sexto andar do anexo IV, onde fica o gabinete do peemedebista chegou a ser interditado por agentes. 

Além do gabinete, também há buscas no imóvel dele em Brasília e no prédio em que ele e o irmão, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, têm apartamentos em Salvador.

Geddel foi preso após investigadores apreenderem R$ 51 milhões em um imóvel atribuído a ele. Segundo a PF, é a maior apreensão de dinheiro vivo da história da corporação.

De acordo com a PF, o apartamento foi emprestado a Lúcio Vieira Lima e era usado por Geddel. A corporação informou ainda que apreendeu uma nota fiscal de uma funcionária de Lúcio Vieira Lima no apartamento onde estava escondido o dinheiro.

Metro1.

Postar um comentário

 
Top