GuidePedia

0


Segundo ranking divulgado no início deste mês pela organização de sociedade civil mexicana Segurança, Justiça e Paz, o Brasil é o país com o maior número de cidades entre as 50 áreas urbanas mais violentas do mundo. O levantamento é feito anualmente com base em taxas de homicídios por 100 mil habitantes. A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera uma taxa acima de 10 homicídios por 100 mil habitantes, como característica de violência epidêmica.
De acordo com a BBC Brasil, são 17 cidades brasileiras com mais de 300 mil habitantes listadas no ranking. No topo da lista geral, está a cidade mexicana de Los Cabos (com 111,33 homicídios por 100 mil habitantes em 2017) e pela capital venezuelana, Caracas (111,19). A capital do Rio Grande do Norte, Natal, aparece em 4º, com 102,56 homicídios por 100 mil habitantes.
BAHIA
Da lista de 50 cidades mais violentas do mundo, três cidades baianas aparecem no ranking. A capital, Salvador, configura em 25º lugar, com 51,58 mortes por cada mil habitantes; Feira de Santana em 19º, com 58,81, e Vitória da Conquista em 11º, com taxa de 70,26 mortes. O ranking também mostra que a América Latina é o continente mais violento do mundo, com 42 cidades listadas. O cálculo do total de assassinatos é dividido pelo tamanho da população.
Estudiosos apontam que o Brasil não investiga seus homicídios, e mais de 90% deles ficam impunes. Fenômenos como disputas de facções criminosas, avanço do tráfico de drogas e crescimento urbano sem a oferta de serviços de segurança eficazes, são alguns dos motivos apontados para o avanço da violência. Na lista, não foram considerados países em zona de guerra.
BRASIL
As outras cidades brasileiras que aparecem no levantamento são: Fortaleza (CE), Belém (PA), Maceió (AL), Aracaju (SE), Recife (PE), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Macapá (AP), Campos de Goycatazes (RJ), Campina Grande (PB), Teresina (PI) e Vitória (ES).
Aratu Online.

Postar um comentário

 
Top