Geral

Após mais de um mês internado com Covid-19, Genival Lacerda morre aos 89 anos

Após mais de um mês internado com Covid-19, Genival Lacerda morre aos 89 anos

Foto: Divulgação

O cantor e compositor paraibano Genival Lacerda morreu aos 89 anos. A informação foi confirmada pelo herdeiro do artista, Genival Lacerda Filho, na manhã desta terça-feira (7), em suas redes sociais. “Painho faleceu”, escreveu.

Genival deu entrada no Hospital Unimed I, no Recife (PE), no dia 30 de novembro de 2020, com o diagnóstico de Covid-19. De acordo com os últimos boletins médicos, o artista encontrava-se na Unidade de Terapia Intensiva em estado grave, sob ventilação mecânica e em uso de drogas vasoativas e de antibióticos, sem perspectiva de alta”.

A família do cantor e compositor paraibano chegou a pedir doações de sangue pela internet para tentar ajudar a melhorar o estado de saúde do artista, internado há mais de 35 dias por complicações da Covid-19.

Nascido em Campina Grande, na Paraíba, no dia 15 de abril de 1931, Genival Lacerda lançou 70 discos ao longo de sua vasta carreira. São dele sucessos como “Severina Xique Xique”, “De quem é esse jegue?” e “Radinho de Pilha”.

Em 2016, o artista recebeu o título de Cidadão Baiano. “Eu já recebi em Recife, Pernambuco, mas um título como esse que eu recebi em Salvador, foi a coisa mais linda da minha vida. Muito bom, uma honra pra mim, sabe? Bem feito, fiquei satisfeitíssimo, eu não tinha recebido um título daquele jeito antes. E agora já podem dizer, Genival Lacerda baiano! (risos). Eu fiquei entusiasmado para cada vez mais vir a Salvador e à Bahia”, disse o artista ao Bahia Notícias, à época, aproveitando para criticar a “descaracterização” das festas juninas e a falta de convites para que ele se apresentasse no estado.(Bahia Notícias)

Mostre mais

Natan Mobuto

Radialista/Locutor na empresa TVNBN

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo