Download WordPress Themes, Happy Birthday Wishes
Geral

Paulinho Mega sequestrou e matou advogado para ficar com R$ 300 mil da vítima

                                 Foto: Mauro Akin Nassor
A ideia era obter R$ 300 mil e fugir do Brasil, mas deu tudo megaerrado nos planos de Paulo Roberto Gomez Guimarães Filho, 34 anos, o Paulinho Mega, apresentado nesta segunda-feira (9) na sede da Polícia Civil, na Piedade, como principal suspeito do sequestro e assassinato do advogado Ricardo Andrade Melo, 37, que estava desaparecido há mais de quatro meses. Junto com ele foi apresentado e igualmente indiciado pelos mesmos crimes Arivan de Almeida Morais,comparsa que teria executado o advogado, com uma paulada na cabeça.
Paulinho Mega confessou à polícia ser o mentor do sequestro para conseguir dinheiro e viajar. O motivo da fuga, segundo ele, foi sua condenação, em abril deste ano, a 22 anos de reclusão pelo assassinato, em fevereiro de 2003, do administrador Carlos Alexandre Rodrigues, então com 35 anos, outro vizinho de Mega, mas no bairro da Graça.
O homicídio ocorreu em um motel de Patamares, e Mega também contou com a ajuda de comparsas. Apesar da aparente reincidência no caso do advogado, Mega nega participação na execução de Ricardo e atribui a ação a Arivan.( Correio)
Mostre mais

Natan Mobuto

Radialista/Locutor na empresa TVNBN

Artigos relacionados

Close