Notícias do Recôncavo

Sertão celebra 15 anos de conquista do mundial recebendo convite especial da Prefeitura de Cruz das Almas

Sertão celebra 15 anos de conquista do mundial recebendo convite especial da Prefeitura de Cruz das Almas

Há 15 anos, o menino da Rua Santo Antônio, Valdemir dos Santos Pereira se tornava mundialmente conhecido como Sertão após derrotar o tailandês Fahprakorb Rakkiatgym em 21 de janeiro de 2006 em Mashantucket, Estados Unidos. Essa vitória, não só trouxe um título e reconhecimento a Sertão, mas também fez Cruz das Almas entrar pra história. E hoje, mais de uma década depois, o campeão pôde celebrar sua história junto com o prefeito Ednaldo Ribeiro, o vice prefeito André Eloy e secretário de esporte, cultura e lazer, Valdo Caldas.

Durante um encontro na Prefeitura Municipal, Sertão foi reconhecido pela sua trajetória e recebeu um convite especial do gestor municipal, que deseja que o atleta contribua ativamente com a Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer. “Valdemir, o Sertão, é prova de que o esporte pode te levar para longe e transformar vidas. Sabemos que ele tem grande paixão pelo boxe e desejo em ver nossa cidade valorizada por isso, então, decidimos fazer esse convite tão especial para que ele nos ajude a transformar a realidade de muitos jovens”, declarou o Prefeito.

Atualmente ofertando aulas de boxe para jovens e adultos, Sertão se mostrou disposto a contribuir com o governo e compartilhar seu conhecimento e história de vida com a população de Cruz das Almas. Em entrevista, o atleta revelou que é uma grande satisfação receber esse reconhecimento depois de anos morando na cidade.

“Eu sou muito agradecido a essa gestão por estar demonstrando esse apoio a mim e valorização ao boxe. A nossa cidade precisa valorizar o esporte, pois assim podemos conseguir realizar sonhos. Meu objetivo aqui é tirar os jovens dos caminhos errados e provar que o esporte muda vidas”, declarou Sertão.

(ASCOM)

Mostre mais

Natan Mobuto

Radialista/Locutor na empresa TVNBN

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo